Simp

Está aqui

Tentativa de homicídio. Detenção em flagrante delito. Medidas de coação. MP. DIAP de Setúbal

28 jun 2024

Na sequência de detenção em flagrante delito, o Ministério Público apresentou, no dia 27 de junho, a primeiro interrogatório judicial um arguido indiciado da prática de um crime de homicídio, na forma tentada, na pessoa da sua companheira.

Os factos indiciam que o arguido, pelas 23 horas do dia 25 de junho de 2024, estrangulou a sua companheira, na tentativa de lhe provocar a morte, só não o conseguindo por intervenção de dois cidadãos que o agarraram até à chegada da patrulha da PSP de Setúbal, que procedeu à sua detenção.

Após o interrogatório judicial, o arguido ficou sujeito às medidas de coação de obrigação de permanência na habitação, com vigilância eletróncia, e de proibição de contactos com a vítima, tendo sido conduzido ao estabelecimento prisional, onde ficará em regime de prisão preventiva até indicar uma residência onde possa cumprir a medida de coação aplicada.

A investigação prossegue sob a direção do Ministério Público do DIAP de Setúbal.