Simp

Está aqui

Homicídio em Grândola. Prisão preventiva. MP. DIAP de Setúbal

25 jun 2024

O Ministério Público (MP) apresentou a primeiro interrogatório judicial um detido pela prática de um crime de homicídio qualificado, ocorrido na madrugada de 26 de junho de 2023.

Encontra-se indiciado que o arguido e mais dois suspeitos dirigiram-se a uma casa em Grândola onde pensavam morar um individuo cuja identificação não foi ainda apurada. Uma vez no local, depois de arrombarem a porta, o detido, munido de uma arma, efetuou três disparos na direção da vítima que ali residia juntamente com a sua mulher. Os ferimentos sofridos acabaram por determinar a morte do ofendido.

O arguido não é titular de licença de uso e porte de arma, pelo que se encontra também indiciado pela prática de um crime de detenção de arma proibida.

Na passada semana, na sequência de mandados emitidos pelo MP, a Polícia Judiciária (PJ) deteve fora de flagrante delito, o autor dos disparos que, sujeito interrogatório e em consonância com o promovido pelo MP, ficou a aguardar os ulteriores termos do processo sujeito a prisão preventiva.

O inquérito prossegue no DIAP de Setúbal com a coadjuvação da PJ de Setúbal.